Conheça também outros projetos da ABIVIDRO:

Educação ambiental para a população do RJ

Janeiro 29, 2014 Deixe seu comentário »
Educação ambiental para a população do RJ

A prefeitura do RJ decidiu expor à população a quantidade de lixo deixado nas praias, a medida visa educar os cidadãos e diminuir a quantidade de lixo nas vias públicas e praias.

Desde agosto do ano passado a prefeitura do Rio de Janeiro lançou a Operação Lixo Zero. A iniciativa tem como objetivo tornar a Lei de Limpeza Urbana nº 3273/2001 efetiva, conscientizar a população sobre a questão do lixo urbano e diminuir a quantidade de lixo jogado nas ruas. Os fiscais da Comlurb estão espalhados pelas ruas do Rio de Janeiro e estão autorizados a abordar e multar os cidadãos que cometerem a infração de jogar lixo no chão.

Desde o início do Programa, em agosto de 2013 , mais de 16 mil pessoas já foram multadas; a ação prevê  multas de R$ 98,00 a R$ 3 mil para quem sujar a cidade. Inicialmente os recursos serão utilizados para custear a operação e posteriormente os serviços de limpeza urbana.

Na entrevista cedida à Folha de São Paulo, Vinícius Roriz,  presidente da Comlurb  – Companhia Municipal de Limpeza Urbana –  órgão municipal responsável pela gestão dos resíduos gerados no Rio de Janeiro, explica a ação: “Isso mostra que a gente ainda tem nas areias um trabalho grande de melhorar a fiscalização e também de conscientização das pessoas. O que a gente conseguiu nas ruas a gente não conseguiu nas areias das praias. E a areia é a nossa sala de visita para o turista e nossa área de lazer”, disse. “Temos que chamar a atenção para os dois cuidarem melhor das areias do Rio de Janeiro.”

Nesta semana a Comlurb decidiu fazer mais uma ação para alertar a população do Rio, uma montanha de 40 toneladas de lixo está sendo exposta na praia de Copacabana onde a ideia é mostrar aos moradores e turistas todo o resíduos deixado pelos banhistas na praia.

A montanha foi o lixo recolhido nas praias de Copacabana e do Leme desde as 20h de segunda-feira (20), feriado municipal de São Sebastião. Para juntar o lixo no Posto 4, a companhia usou quatro tratores e contou com 90 funcionários durante toda a madrugada. Os resíduos que haviam sido jogados nas latas de lixo foram removidos normalmente e apenas os deixados irregularmente foram para o monte.

Quem joga lixo nas praias do Rio também pode ser multado pela Operação Lixo Zero, mas Roriz reconhece que a fiscalização é mais difícil nas praias: “Das 180 equipes da operação, temos 160 na areia, nos fins de semanas e feriados, mas o rendimento é menor, porque a configuração do flagrante é mais difícil”.

 

Fonte da reportagem: Uol –  21/01/2014

Fonte da Imagem: Paulo Campos/Futura Press/Estadão Conteúdo

Publique seu comentário

Posts Relacionados