Conheça também outros projetos da ABIVIDRO:

Fispal Tecnologia apresenta as últimas novidades em inspeção e segurança alimentar

Maio 10, 2016 Deixe seu comentário »
Fispal Tecnologia apresenta as últimas novidades em inspeção e segurança alimentar

Nos últimos anos, em decorrência do grau de exigência dos consumidores, bem como das autoridades fiscalizadoras, a indústria de alimentos e bebidas passou a incluir equipamentos de raio-X e outras tecnologias em seus processos com o objetivo de garantir alimentos seguros

Em aeroportos e na área médica, a tecnologia de raio-X não é novidade. Entretanto, nos últimos anos, em decorrência do grau de exigência dos consumidores, bem como das autoridades fiscalizadoras, a indústria alimentícia também passou a incluir equipamentos de inspeção em seus processos com o objetivo de garantir alimentos seguros. Alinhada a esta demanda, a Fispal Tecnologia – o maior e mais completo evento do setor de alimentos e bebidas na América Latina, será palco para uma série de lançamentos do segmento de qualidade e segurança alimentar, além de palestras sobre o tema.

Referência no setor, a Brapenta marcará presença no evento com o novo equipamento de inspeção por raio-X, o X5c, e o checador de peso CW3s. Ambos auxiliam a indústria a cumprir as normas internacionais de produtos de segurança, legislação de peso e código de prática do varejista, identificando defeitos do produto e eliminando contaminantes. A empresa ainda oferecerá facilidades comerciais para os visitantes que fecharem negócio durante a Feira.

Com um vasto portfólio de soluções para a indústria de alimentos e farmacêutica, a Schur aposta na máquina de inspeção  por raio-X Eagle Pack 430 PRO e na Eagle PI, que identifica possíveis contaminantes em embalagens lacradas podendo evitar descarte de todo lote de produto sem desperdício de matéria prima, energia e tempo, além de possuir capacidade de análise gordura dos alimentos.

Os dispositivos inteligentes de inspeção também  são destaques da Heuft, que traz para a Feira 4 equipamentos focados em segurança alimentar. O InLine II IXS, por exemplo, alcança alta precisão durante a inspeção de recipientes vazios, considerado o único inspetor de garrafas vazias a combinar procedimentos de detecção já comprovados com a tecnologia pulsada de raio-X. Como resultado, mesmo as falhas que dificilmente poderiam ser identificadas, tais como, trincas, lascas, rachaduras e cacos de vidro, são visualizadas de forma confiável, mesmo o recipiente estando com líquido residual no fundo. Um outro produto, o Spotter SF, detecta até mesmo objetos transparentes e de baixa densidade em líquidos, inspecionando até mesmo o nível de enchimento, presença e posicionamento de tampa, detecção de tubo metálico de enchimento, gerenciamento de válvulas da enchedora, entre outros.

Na área de embalagens, alguns materiais e procedimentos também promovem a segurança de alimentos. É o caso do Col Seal, sintético criado pela expositora COIM. O material não tem em sua fórmula látex natural, produto que foi incluído na lista da RDC 26/2015 como sendo alergênico. A vantagem desse sintético é justamente não apresentar produto alergênico, garantindo ao produtor final não conter esse alerta de produto em seu rótulo.

Já a Tradbor Stand-Up Pouches desenvolveu um sistema de pouch com bico e tampa ideal para o uso em alimentos pastosos e bebidas. Além de todos os atributos inerentes à embalagem flexível – leveza, compatibilidade ambiental, diversidade de formatos e volumes, conveniência e praticidade para o consumidor final, o sistema Gualapack se destaca pelo alto nível de segurança alimentar. O envase a quente é feito pelo bico, evitando espaço vazio na embalagem que pode oxidar o produto. Feito o envase, a embalagem passa por um túnel de pasteurização por vapor que esteriliza todo o conjunto. Este tratamento térmico, aliado à alta barreira da estrutura da embalagem, aumenta consideravelmente a vida de prateleira do produto.

Palestras abordam Segurança de Alimentos na Indústria

Para complementar a vasta exposição de produtos de automação que garantem a otimização e a segurança da produção, a Fispal Tecnologia terá ainda uma programação de palestras gratuitas para a qualificação dos visitantes.

No painel do dia 15, a Segurança de Alimentos na Indústria estará em pauta, reunindo debates sobre as tecnologias, ferramentas e práticas que ajudam as empresas a se adequarem à Era da Transparência, balizada pela nova postura do consumidor, cada vez mais informado e atuante. “Faremos um paralelo entre esse cenário de transparência e as novas  ações de fiscalização e normas de certificações – como a IN29 do MAPA e o Guidance 7 do GFSI -, apresentando ferramentas tecnológicas que podem auxiliar as indústrias em programas de autocontrole e de avaliação de riscos”, explica a palestrante Mariana Bertelli, Diretora de Novos Negócios, Myleus Tecnologia.

Ainda na linha de legislação, Cristina Leonhardt, Colunista do Food Safety Brazil, falará sobre a nova lei de recall de alimentos – válida desde o final de 2015 –  que traz diversos impactos para indústria, determinando, por exemplo, que todas as empresas devem possuir um Plano de Recolhimento, com requisitos específicos.

A especialista lembra também que no segundo semestre, entrará em vigor a rotulagem de alergênicos, “se considerarmos a experiência da América do Norte no assunto, a rotulagem incorreta de alergênicos representa a maior parte dos recolhimentos, chegando a 53%. Isso reforça a necessidade de um planejamento mais robusto e mais responsável para tratar ambos os assuntos. O recolhimento é um evento grave, com custo considerável, que pode afetar a imagem da empresa”, acrescenta.

Outro aspecto que será abordado é a importância de um projeto sanitário adequado para a garantia de não contaminação na linha de produção na indústria de alimentos. “Água, produtos químicos, recursos humanos,  tratamento de efluentes geram grandes custos para as operações de limpeza e desinfecção na indústria de alimentos. Por isso, o projeto sanitário é fundamental para minimizar o risco do equipamento se tornar uma fonte de contaminação. Isto leva a benefícios econômicos e ambientais significativos”, comenta o palestrante Rafael Soro Martorell, Representante da Seção Regional da Espanha, EHEDG- European Hygienic Engineering and Design Group.

Para conferir todas as novidades da Feira e participar das palestras, os interessados precisam fazer o credenciamento pelo site  http://www.fispaltecnologia.com.br/pt/. As vagas são limitadas e preenchidas por ordem de chegada ao auditório.

 

Veja a programação do dia 15:

14h30 Projeto sanitário como uma estratégia de redução de custos | Rafael Soro Martorell, Representante da Seção Regional da Espanha, EHEDG- European Hygienic Engineering and Design Group

16h Segurança alimentar: novas tendências de combate à fraude da fiscalização à certificação | Mariana Bertelli, Diretora de Novos Negócios, Myleus Tecnologia

17h30 Recall: a regra (e o cenário) já mudou – sua empresa está preparada? | Cristina Leonhardt, Colunista Food Safety Brazil

 

Serviço
Fispal Tecnologia – 32ª Feira Internacional de Processos, Embalagens e Logística para as Indústrias de Alimentos e Bebidas
Data: 14 a 17 de junho de 2016
Horário: 13h às 20h
Local: Pavilhão do Anhembi – Av. Olavo Fontoura 1.209, Santana – São Paulo/SP.
Credenciamento: http://www.fispaltecnologia.com.br/pt/

 

Publique seu comentário

Posts Relacionados