Conheça também outros projetos da ABIVIDRO:

Indústria quer política de incentivo para gás natural

setembro 24, 2014 Deixe seu comentário »

A Confederação Nacional da Indústria (CNI)  reuniu segunda-feira, 22, na capital paulista, empresários e representantes dos candidatos à presidência  Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) para discutir o futuro energético do País, especialmente o de gás natural, de acordo com reportagem do jornal Brasil Econômico de terça, 23.  Sem autossuficiência na produção, o Brasil importa cerca de metade de todo o gás natural que consome. O preço final para uma pequena ou média indústria, segundo levantamento da CNI, pode alcançar US$ 14 por milhão de BTU, mais que o dobro do praticado no mercado norte-americano.

A falta de investimento é explicada pela pouca competividade. Para o diretor de pesquisa do Instituto  de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Edmar Almeida, o Brasil produz pouco gás porque as empresas buscam basicamente petróleo.

Planejamento de longo prazo  –  O secretário de infraestrutura do Estado de Pernambuco e representante técnico da área de energia da candidata Marina Silva (PSB), João Bosco de Almeida, acredita que o próximo ano será difícil para a geração de energia, segundo o Brasil Econômico. “Essa crise já aponta para o aumento da demanda por gás, que será necessário ao menos nos próximos dois anos para rodar as Termelétricas”, diz ele.

Uma das propostas de Marina, de acordo com Almeida, é o planejamento de longo prazo para o gás. A outra é institucionalizar uma política para o setor e estimular Parcerias Público-Privadas (PPP), um dos itens sugeridos pela CNI, que também estaria dentro das propostas da coligação.

O professor Afonso Henriques Moreira Santos, representante técnico do PSDB, reconhece a semelhança com as propostas do PSB. “É natural que as ideias sejam parecidas, já que são uma alternativa clara a esse governo que teve tantos erros, especialmente em energia e gás”, afirmou à reportagem.

Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, não enviou representante ao encontro.

Fonte: SP4 Comunicação

 

Publique seu comentário

Posts Relacionados