Conheça também outros projetos da ABIVIDRO:

José Bechara apresenta na Casa de Vidro a exposição Intervalo das Coisas

Abril 7, 2016 Deixe seu comentário »
José Bechara apresenta na Casa de Vidro a exposição Intervalo das Coisas

Com a proposta de estabelecer uma relação poética entre os espaços interno e externo da Casa de Vidro, a partir do conjunto das obras e de cada uma isoladamente, o artista plástico José Bechara fará sua primeira ocupação ‘site specific’, em São Paulo e tem como desafio as restrições patrimoniais e de topografia do cenário escolhido, a sede do Instituto Lina Bo e P. M. Bardi, no Morumbi. “Tudo isso é muito excitante e também muito tenso, já que as obras estão sendo pensadas e criadas in loco”, explica o artista.

São cinco instalações nas quais o principal material é o vidro associado a materiais diversos. A exposição “Intervalo das Coisas” tem texto de apresentação do professor de história da arte, Luiz Camillo Osório, com a seguinte reflexão sobre o trabalho de José Bechara:

…Os vidros mudam o modo como suas instalações atuam no espaço e produzem uma experiência estética. Sim, falo aqui em experiência na medida em que estes trabalhos apostam na presença singular do acontecimento plástico e no quanto ele se desdobra no jogo de sensações e sugestões. Falar em experiência é falar em processo de formalização – algo que se produz no intervalo entre o que se vê e o que é visto.

Diferentemente das lonas de caminhão, o vidro não tem tempo, sua superfície não deixa grudar densidade histórica, não insinua profundidade. Ao contrário, o olho perpassa, atravessa o plano e se põe em contato com o que está fora. Se a lona era uma opção pela “interioridade” do material, o vidro é todo transparência e exterioridade…

 

Sobre José Bechara

José Bechara nasceu no Rio de Janeiro em 1957, onde trabalha e reside. Estudou na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV), na mesma cidade. Participou da 25ª Bienal Internacional de São Paulo; 29ª Panorama da Arte Brasileira; 5ª Bienal Internacional do MERCOSUL; Trienal de Arquitetura de Lisboa de 2011 e das mostras “Caminhos do Contemporâneo” e “Os 90” no Paço Imperial–RJ.

Realizou exposições individuais e coletivas em instituições como Luwig Museum, Koblenz-DE; Pinacoteca do Estado de São Paulo,BR; Fundação Eva Klabin–BR; Culturgest,–PT; Instituto Figueiredo Ferraz–BR; Fundação Iberê Camargo–BR; MEIAC–ES; Instituto Valenciano de Arte Moderna–ES; Es Baluard Museu d’Art Moderni Contemporani de Palma; MAM Rio de Janeiro–BR; MAC Paraná–BR; MAM Bahia–BR; MAC Niterói–BR; Instituto Tomie Ohtake–BR; Museu Vale–BR; Haus der Kilturen der Welt–DE; Ludwig Forum Fur Intl Kunst–DE; Kunst Museum–DE; Museu de Arte Contemporânea de Pusan-KO; Centro Cultural São Paulo–BR; ASU Art Museum–USA; Museo Patio Herreriano (Museo de Arte Contemporáneo Español)–ES; MARCO de Vigo–ES; Carpe Diem Arte e Pesquisa–PT; Musee Bozar–BE; CAC Málaga, ES; Museu Casa das Onze Janelas–BR, entre outros.

Sobre a Casa de Vidro

Considerada ícone da arquitetura moderna no Brasil, a Casa de Vidro foi o primeiro projeto construído da arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi. O loteamento da antiga Fazenda de Chá Muller Carioba, na região do Morumbi, em São Paulo foi o local escolhido para construção, entre 1950 e 1951.

A Casa de Vidro, residência do casal Lina Bo e Pietro Maria Bardi por mais de 40 anos, ganhou este nome por sua fachada imponente de vidro que parece flutuar sobre pilares. Tombada pelo CONDEPHAAT em 1987, hoje abriga a sede do Instituto Lina Bo e P.M. Bardi que tem como objetivo promover e divulgar a arquitetura, design, urbanismo e arte popular brasileira, mantendo vivo o pensamento e obra do casal no cenário cultural brasileiro.

A exposição, realizada pelo Instituto Bardi, conta com patrocínio da Petrobras e Itaú Cultural, por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Minc. Apoios: Galeria Marília Razuk, Vivix e Campari.

 

Exposição Intervalo das Coisas – José Bechara
de 10 de abril a 15 de maio de 2016
quinta a domingo das 10h às 16h
(com permanência até às 16h30)
entrada gratuita
Instituto Lina Bo e PM Bardi – Casa de Vidro
Rua General Almério de Moura, 200 – Morumbi – São Paulo
Informações: educativo@institutobardi.com.br

 

***A exposição “Intervalo das Coisas” conta com o apoio da Vivix Vidros Planos.

Publique seu comentário

Posts Relacionados