Conheça também outros projetos da ABIVIDRO:

Kanazawa e o vidro na arquitetura japonesa

Fevereiro 6, 2017 Deixe seu comentário »

O Museu de Arte Contemporânea de Kanazawa do século XXI foi inaugurado no dia 9 de outubro de 2004, com o objetivo de “criar nova cultura” e “trazer nova prosperidade para a cidade”. Há uma “zona de exposição” paga e uma “zona de cultura” grátis para o visitante aproveitar.

A coleção do Museu centra-se na arte contemporânea e permite-lhe ver o trabalho de uma grande variedade de artistas contemporâneos. Uma obra particularmente popular na coleção é a “Piscina” de Leandro Erlich. De longe parece ser uma piscina normal, mas quando se olha para a água parece que há lá pessoas a andar. Isto efeito é conseguido com 10 cm de água em cima de #vidro transparente, havendo por baixo do vidro um grande espaço.

O edifício em si é um espetáculo de ser visto, a imitar um conceito de “um Museu-Parque dentro da cidade”. O edifício circular tem 4 entradas, permitindo-lhe entrar e sair facilmente, e há vidro transparente utilizado dentro e fora dos muros, portanto, para qualquer lado que olhar parece ter um design aberto, espaçoso. Foi apelidado de “museu redondo” pelos cidadãos de Kanazawa e tornou-se num lugar comum para as pessoas irem e relaxarem um pouco. Na 9ª Exposição Internacional Bienal de Arquitetura de Veneza, em 2004, o museu ganhou o prémio Golden Lion, o mais alto prémio possível.

Para sua visita virtual: Kanazawa

Abaixo algumas imagens do museu:

 

 

O Japão não para por ai, pudemos perceber o vidro aplicado de diversas formas:

Loja da Dior Tokyo – Japão

Mikimoto Tokyo – Japão

Loja da Prada de dia

Loja da Prada à noite

Tokyo Plaza Omotesando – entrada

Visita virtual a Tokyo, clique aqui.

Publique seu comentário

Posts Relacionados