Conheça também outros projetos da ABIVIDRO:

Light, Reduc, White Martins e Biotechnos vencem o Prêmio FIRJAN Ação Ambiental 2014

junho 6, 2014 Deixe seu comentário »
Light, Reduc, White Martins e Biotechnos vencem o Prêmio FIRJAN Ação Ambiental 2014

Programas de reuso de bilhões de litros d´água, de uso de biodiesel e de reciclagem foram os campeões do Prêmio FIRJAN Ação Ambiental 2014. A entrega dos troféus aconteceu na tarde desta terça-feira, 3 de junho, de 2014, na sede do Sistema FIRJAN, no Centro do Rio.

A gerente de projetos de embalagens da Abividro, Ana Paula Bernardes, participou da banca examinadora do prêmio. 

Em sua segunda edição, a comissão julgadora concedeu o prêmio na categoria Gestão de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEEs) a Biotechnos. Através do projeto Bioplanet, a empresa desenvolveu uma cadeia cujo objetivo final é reduzir a poluição atmosférica a partir do uso da mistura de 20% de biodiesel, combustível que emite quantidade mínima de partículas, ao diesel. Segundo a USP, o uso de 20% de biodiesel diminui em 60% as emissões de GEEs. A Biotechnos produz biodiesel a partir da coleta de restos de óleo de cozinha e gordura feito por catadores.

Na categoria Água e Efluentes, a Reduc foi a vencedora. A Refinaria de Duque de Caxias, da Petrobras, conseguiu reusar mais de 8,2 bilhões de litros d´água no período de dois anos. A CSN, de Volta Redonda, ganhou menção honrosa por sistema que faz a recirculação de 80% de toda água usada na sua fábrica de cal. O resultado se reflete também na redução do volume de água captada e descartada no Rio Paraíba do Sul.

O prêmio em Gestão de Resíduos Sólidos foi para a White Martins e seu programa Desperdício Zero. Juntas, as unidades FEC, na cidade do Rio, Fatran/CTR, em Caxias, e Cilbrás, em Barra Mansa, conseguiram transformar 125 toneladas de restos de alimentos em adubo orgânico. O descarte de lixo eletrônico também foi repensado, com resultado surpreendente: na primeira coleta, em unidades cariocas, foram enviados 400 kg de produtos para reciclagem.

Nessa categoria, a Elas Ecomodas, de Nova Friburgo, ganhou menção honrosa, com sua iniciativa de transformar os carretéis de linha de costura industrial em vasos de mudas para replantio da Mata Atlântica, e os retalhos de algodão e papelão, em composto orgânico.  Na categoria Biodiversidade, não houve projetos inscritos.

A Light ganhou no quesito ‘Relação com Públicos de Interesse’. O Recicla Light, que troca de lixo reciclável por créditos na conta de luz em comunidades, já recolheu mais de 2,5 mil toneladas de material e concedeu R$ 285 mil em bônus nas faturas de moradores de nove comunidades.

O Prêmio FIRJAN Ação Ambiental foi criado para fomentar o desenvolvimento sustentável e destacar as iniciativas de gestão ambiental empresas de todos os portes que tenham desenvolvido ações no estado.

Para mais informações, acesse www.firjan.org.br/premioacaoambiental.
Foto: Fabiano Veneza

 

Publique seu comentário

Posts Relacionados